"Ter um bebê é como planejar uma fabulosa viagem de férias - para a ITÁLIA! Você compra montes de guias e faz planos maravilhosos! O Coliseu. O Davi de Michelângelo.

As gôndolas em Veneza. Você pode até aprender algumas frases em italiano. É tudo muito excitante-Após meses de antecipação, finalmente chega o grande dia! Você arruma suas malas e embarca. Algumas horas depois você aterrissa. O comissário de bordo chega e diz:

- BEM VINDO À HOLANDA!

- Holanda!?! - Diz você. - O que quer dizer com Holanda!?!? Eu escolhi a Itália! Eu devia ter chegado à Itália. Toda a minha vida eu sonhei em conhecer a Itália!

Mas houve uma mudança de plano vôo. Eles aterrissaram na Holanda e é lá que você deve ficar.A coisa mais importante é que eles não te levaram a um lugar horrível, desagradável, cheio de pestilência, fome e doença. É apenas um lugar diferente.Logo, você deve sair e comprar novos guias. Deve aprender uma nova linguagem. E você irá encontrar todo um novo grupo de pessoas que nunca encontrou antes.É apenas um lugar diferente. É mais baixo e menos ensolarado que a Itália. Mas após alguns minutos, você pode respirar fundo e olhar ao redor, começar a notar que a Holanda tem moinhos de vento, tulipas e até Rembrants e Van Goghs.

Mas, todos que você conhece estão ocupados indo e vindo da Itália, estão sempre comentando sobre o tempo maravilhoso que passaram lá. E por toda sua vida você dirá: - Sim, era onde eu deveria estar. Era tudo o que eu havia planejado!.

E a dor que isso causa nunca, nunca irá embora. Porque a perda desse sonho é uma perda extremamente significativa.Porém, se você passar a sua vida toda remoendo o facto de não ter chegado à Itália, nunca estará livre para apreciar as coisas belas e muito especiais sobre a Holanda. "

BEM VINDO À HOLANDA

por Emily Perl Knisley, 1987

sexta-feira, 7 de maio de 2010

A criança com paralisia cerebral - Estimulação

A paralisia cerebral é uma deficiência que vai afectar o desenvolvimento da criança.

Deficiência é um termo discutível mas, realmente quer dizer que uma pequena porção dos milhões de células que existem no cérebro foi destruída e, portanto, não se pode desenvolver. Não há possibilidade de regeneração destas células, pelo que não pode haver cura da lesão.

No entanto as células restantes PODEM SER ESTIMULADAS a funcionar o mais adequadamente possível de modo a compensar a deficiência e desenvolver ao máximo as potencialidades da criança.

(...) há uma possibilidade de melhorar.

Esta melhoria não se manifesta subitamente mas, PROGRESSIVAMENTE, graças a um trabalho PERSISTENTE e CONSTANTE em que a colaboração dos pais é imprescindível.

O prognóstico nem sempre é fácil de estabelecer. (...) , o cérebro da crianças desenvolve-se, por um lado, de acordo com o seu potencial e, por outro, de acordo com os ESTÍMULOS que recebe.


Retirado de " A criança com paralisia cerebral - guia para os pais e profissionais de saúde e educação" - Associação Portuguesa de Paralisia Cerebral



5 comentários:

  1. Ora, nem mais !!!

    Assim é que é falar ! Força. Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Muito amor e muita estimulação são os ingredientes necessários para a vossa caminhada.
    Estaremos aqui para vos apoiar sempre que precisarem.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Não sei muito bem como, vim parar a este blog. E quando vi um post sobre paralisia cerebral, resolvi ler: dei aulas de desporto a crianças e adultos com paralisia cerebral e no dia 3/1/2009 nasceu a minha afilhada mais nova com este problema. Depois de muitas buscas, encontramos uma clinica onde estão a ser tratados casos destes: Foltra (santiago de compostela). Se puder ajudar nalguma coisa, o meu mail é helenapegado@gmail.com
    E parabéns pelo pequenito... cada pequena evolução é uma grande vitória!!!

    ResponderEliminar
  4. E a vossa dedicação constante é notória. Tenho a certeza que vão ser persistentes e oferecer tudo o possível ao João para que ele desenvolva ao máximo as suas capacidades. Também tenho a certeza que não irá ser sempre fácil mas o amor de mãe e de pai tudo conseguem ultrapassar ;)

    Beijinhos!

    Elsa S

    ResponderEliminar
  5. Ha possibilidade de regeneraçao de celulas sim, e ja ha tratamentos para isso, o mesmo tratamento feito na espanha ( Foltra) tem um medico aqui no Brasil q o faz.
    Meu filho de 1 ano tem paralisia cerebral e começou a fazer este tratamento. Se quiser mais informaçoes: meu email nila.biscuit@yahoo.com.br

    ResponderEliminar