"Ter um bebê é como planejar uma fabulosa viagem de férias - para a ITÁLIA! Você compra montes de guias e faz planos maravilhosos! O Coliseu. O Davi de Michelângelo.

As gôndolas em Veneza. Você pode até aprender algumas frases em italiano. É tudo muito excitante-Após meses de antecipação, finalmente chega o grande dia! Você arruma suas malas e embarca. Algumas horas depois você aterrissa. O comissário de bordo chega e diz:

- BEM VINDO À HOLANDA!

- Holanda!?! - Diz você. - O que quer dizer com Holanda!?!? Eu escolhi a Itália! Eu devia ter chegado à Itália. Toda a minha vida eu sonhei em conhecer a Itália!

Mas houve uma mudança de plano vôo. Eles aterrissaram na Holanda e é lá que você deve ficar.A coisa mais importante é que eles não te levaram a um lugar horrível, desagradável, cheio de pestilência, fome e doença. É apenas um lugar diferente.Logo, você deve sair e comprar novos guias. Deve aprender uma nova linguagem. E você irá encontrar todo um novo grupo de pessoas que nunca encontrou antes.É apenas um lugar diferente. É mais baixo e menos ensolarado que a Itália. Mas após alguns minutos, você pode respirar fundo e olhar ao redor, começar a notar que a Holanda tem moinhos de vento, tulipas e até Rembrants e Van Goghs.

Mas, todos que você conhece estão ocupados indo e vindo da Itália, estão sempre comentando sobre o tempo maravilhoso que passaram lá. E por toda sua vida você dirá: - Sim, era onde eu deveria estar. Era tudo o que eu havia planejado!.

E a dor que isso causa nunca, nunca irá embora. Porque a perda desse sonho é uma perda extremamente significativa.Porém, se você passar a sua vida toda remoendo o facto de não ter chegado à Itália, nunca estará livre para apreciar as coisas belas e muito especiais sobre a Holanda. "

BEM VINDO À HOLANDA

por Emily Perl Knisley, 1987

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Consulta de avaliação Toxina Botulinica

Hoje tivemos consulta Oftalmologia, para se avaliar se tinha havido melhorias. Nós notava-mos que o olhito já centrava mais vezes, mas ainda foge muito para o canto do olho, o que faz que ele ainda mantenha o olhar preferencial para a esquerda. O Dr. E. S. também foi da mesma opinião, e continua a dizer que o João vai melhorar significativamente com a administração de outra dose de Toxina B. , e tentar retardar uma possivel cirurgia quando for mais crescido. Ele diz que se deve esperar 6 meses de uma administração para outra , e como os 6 meses vão coincidir com o período de férias em que não há anestesistas no serviço de Oftalmologia do HUC, ficará para inicio de Setembro.
Como sempre o João portou se muito bem na viagem. Dorme sempre um bocadinho e depois passamos o resto da viagem na brincadeira. A cadeira é muito boa, pois dá para ele ir quase deitado a dormir, ou sentado, e é muito segura. Tomei conhecimento hoje de um video através de uma amiga , videio esse da APSI- Associação para a Prevenção da Segurança Infantil no Facebook sobre o uso das cadeiras de transporte viradas para trás até aos 3/4 anos. Para quem tenha duvidas sobre que tipo de cadeira deve comprar para o seu filho, aconselho a ver o video.


Também tivemos Terapia Ocupacional na APCC, e o Terapeuta F. também acha que o João melhorou nós bracitos. Trabalhou muito bem com o brinquedo adaptado com um sensor onde ele vai tocar para o brinquedo se mexer. O João acha imensa graça e passa o tempo a rir-se.
Ele também reparou que o João já mantém muito mais tempo os objectos, brinquedos na mão com intenção, e brinca com eles. O sentar esta cada vez melhor e o rolar também.
Deixo aqui umas fotos da viagem.


quarta-feira, 27 de abril de 2011

Fase de mudanças

O João neste momento está numa fase de mudanças, tanto a nivel motor como da fala. O que continua sem mudar é a reacção dele com outras pessoas. Não aceita que desconhecidos lhe peguem ao colo, ou mesmo lhe falem, começa logo a chorar. Na fisioterapia já não chora, a Terapeuta C. ali anda com ele, para trás e para a frente, senta, rebola, estica ... e ele deixa fazer tudo, mas nem um sorriso dá. Na Terapia Ocupacional no hospital, não faz nada. Recusa-se mesmo, vira a cara e faz de conta que não é nada com ele. Na APCC o circo é outro, gosta da TO, farta-se de rir, e vai fazendo o que lhe pedem, já carrega no sensor com intenção para que o brinquedo adaptado de mova. Nas sessões de fisioterapia chora baba e ranho, mas o motivo sabemos qual é. Não gosta que a Terapeuta cante, e mesmo lhe pedindo para ela não cantar, ela canta e canta... e o João chora e choraaaaaaaa até a sessão acabar.
Agora deixou de dizer, "be", "ba", "ma", sons labiais e anda nos "gui" "gue", sons que vem mais da garganta. O sentar continuar a melhorar e a coordenação dos movimentos dos braços também, mas nota-se uma grande diferença entre a esquerda e a direita.
Hoje conseguiu sozinho tocar xilofone, fizemos uma festa e ele todo satisfeito. Pegava no pauzito e tentava tocar no xilofone, cada vez que saia um som ria-se. Também já consegue coordenar os movimentos para bater com objectos uns nos outros quando os tem na mão. Mas é sempre o objecto que tem na mão direita que vai bater na esquerda.
Amanhã temos consulta de revisão de Oftalmologia, e vai fazer um RX da bacia ao HPC.


Colocamos o Bumbo num carrinho com rodas e ele gosta de andar a passear lá sentado, e vai fazendo exercicio, para se equilibrar.


Levamos o Bumbo para a TO e com uma rede fez-se um baloiço, e ele gostou.



Agora adora deitar coisas abaixo, e eu tentei gravar, mas ele via o telemóvel, e já não fazia o que lhe pediamos ...


... até que finalmente derrubou o castelo !!!!

15 Meses

terça-feira, 19 de abril de 2011

Adoro o meu baloiço

Espelho da Cadeira Auto

Hoje chegou o espelho da cadeira do João, para o poder ver quando estou a conduzir. Não estava a espera é que ele repara-se logo, que se olha-se para o espelho me conseguia ver, mas foi isso que aconteceu. Coloquei o espelho e sentei me no lugar do condutor. Depois olhei para o espelho e lá estava o safado a rir-se para mim através do espelho. Vai sempre muito bem disposto, sentadinho na cadeira a olhar para a janela, e hoje só do hospital até casa adormeceu.


Em relação a visão do João notamos melhorias tanto a nivel do estrabismo como na capacidade de ver a distância . Dia 28 temos nova avaliação por parte da Oftalmologia.

O meu Patinho

Agora o João tem um patinho para brincar em casa do avô. Quando o viu começou-se a rir, e lançou logo a mão ao patito, agarrando lhe pelo pescoso :S !!! Mas o bicharoco gostou mesmo do colo do João e não saia de lá. Colocava mo lo na relva, e o pato só queria mesmo estar aninhado no meio das pernas do João. Logo que possa faço um video e coloco aqui :) !!!







sábado, 16 de abril de 2011

Só como se ...

... estiver a ver os 3 porquinhos!!
Como disse o João come bem, mas ... só se estiver a ver desenhos animados. Já tivemos a fase do Pocoyo, da Galinha Pintadinha, de inumeros programas do Baby TV, mas agora é o 3 Porquinhos. Enquanto não começa, a boca dele mantém-se cerrada, o vida!! Dizem que somos nós que pomos estes habitos as crianças, eu sei, mas quando estamos desesperados tentamos de tudo e neste momento ele só come distraido. Deixo aqui o link dos 3 Porquinhos para o caso de alguem necessitar também :D !!!

quarta-feira, 13 de abril de 2011

E de um momento para o outro...

... o João começou a ganhar peso, e em menos de 1 mês aumentou 1 kg!!!
Quando nasceu esteve quase 2 meses com o mesmo peso, não saia dali. Era pesado diariamente, e se hoje ganhava 20 gramas, amanhã perdia 10 gramas. Depois começou a acompanhar a curva do peso, mas sempre abaixo do percentil 0!!
A uns meses o ganho de peso começou a diminuir, o pediatra explicou que o metabolismo dele é mais rápido, que gasta mais energia devido aos problemas motores que tem. O vomitar também não ajudava em nada, mas essa fase passou. Está semana comecei a notar que roupa que a uns dias vestia bem, agora já ficam apertadas. Agora começamos a ter um João bem rechonchudinho, mas também mais pesado, para deitar ainda mais abaixo as minhas costas .

sábado, 9 de abril de 2011

Duologic

Nós primeiro meses como o João chorava muito no ovo compramos uma cadeira para o carro do grupo 0/1, mas ele continuava a chorar nela. Então começa mos a procurar outras cadeiras, pois como faziamos muitas viagens tinhamos que encontrar alguma em que ele se senti-se bem. Os critérios de escolha seriam que desse para deitar (basculante), confortável e segura. Descobrimos então nessa altura que mesmo que a lei Portuguesa ainda não obrigue as crianças a andarem numa cadeira virada para trás (rear-facing) até aos 4 anos, é o mais seguro.Mas em Portugal há poucas cadeiras rear-facing, e as que há as crianças só podem ir até aos 18 meses virada em sentido oposto a marcha, depois dessa idade ou 13 kgs tem que ir viradas no sentido da marcha. Encontramos um site Sueco que só vende cadeiras rear-facing e são consideradas das mais seguras após vários crash tests.
Compramos a DUOLOGIG que è segura, confortável, rear-facing, da para ir do semideitado até ao sentado, fixa-se com cinto ou com isofix, e da até aos 4 anos . O senão destas cadeiras é que são pesadas e andar a troca-la de um carro para outro não é facil. Mas depois de comprar mos a cadeira ele começou a tolerar o ovo, e então a cadeira era usada só para as viagens e no dia a dia andava no ovito. Como a cabecita dele agora já começa a sair do ovo está semana passamos a cadeira para o meu carro. Foi dificil para mim habituar me a que o João já não fosse ali ao meu lado, onde eu estava sempre a ve-lo e a mexer lhe, mas é para o bem dele que teve que passar para o banco de trás. Como vai de costas também tivemos que comprar um espelho proprio que se coloca no banco traseiro para o conseguir ver . Até agora não se tem queixado, estou sempre a falar com ele, e ele vai distraido a olhar para a rua e a ouvir musica.



Breves noticias

Passados já muitos dias sem dar noticias, temos algumas coisitas para contar. Em relação a alimentação está tudo muito bem. Não há nada que o rapaz não goste, e sempre que vê alguém a comer seja o que for abre a boca e estica o bracito direito para fazer sinal " TAMBÉM QUERO". A má fase do vomitar passou definitivamente, e já come segundo prato ao almoço e ao jantar. Notamos que está a começar a ficar mais reboliço, com pregas nas pernitas e nos bracitos.
Cada vez mais se vai acentuando a preferência do membro superior direito em relação ao esquerdo para tudo, e como vai aumentando a sua força muscular, as capacidades dele de se deslocar também, e mesmo que os progressos sejam demorados eles existem e temos que começar a ter atenção as coisas que deixa mos ao alcance dele e os locais onde o colocamos. Tinha mos um muda fraldas na casa de banho que deixamos de usar esta semana, depois de ele ter caido de lá , e ter ficado com um "queixo" novo.
Os braços continuam a ser o problema maior, mais rigidos, mas já vai conseguindo rebolar. Temos é que estar sempre a incentiva-lo a faze-lo, pois por ele passava o tempo de barriga para cima a dar as pernas. Continua muito passivo nas acções, sempre a espera que tudo lhe seja dado para as mãos, pois mesmo já tendo capacidade para ir buscar as coisas, fica a espera que " lhe cheguem as mãos" sem ele fazer esforço para as ir buscar. As terapeutas dizem ser normal, visto ele estar habituado a que lhe fosse sempre dado tudo. O sentar ainda não esta completo, descai ainda muito pois não tem os abdominais trabalhados. Tem uma grande "pança" e nada de abdominais. Agora com a chegada do calor, e com menos roupa vestida vai ser mais facil fazer os exercicios no tapete, e o contacto da pele dos braços e pernitas com objectos e texturas vai ajudar na estimulação sensorial.