"Ter um bebê é como planejar uma fabulosa viagem de férias - para a ITÁLIA! Você compra montes de guias e faz planos maravilhosos! O Coliseu. O Davi de Michelângelo.

As gôndolas em Veneza. Você pode até aprender algumas frases em italiano. É tudo muito excitante-Após meses de antecipação, finalmente chega o grande dia! Você arruma suas malas e embarca. Algumas horas depois você aterrissa. O comissário de bordo chega e diz:

- BEM VINDO À HOLANDA!

- Holanda!?! - Diz você. - O que quer dizer com Holanda!?!? Eu escolhi a Itália! Eu devia ter chegado à Itália. Toda a minha vida eu sonhei em conhecer a Itália!

Mas houve uma mudança de plano vôo. Eles aterrissaram na Holanda e é lá que você deve ficar.A coisa mais importante é que eles não te levaram a um lugar horrível, desagradável, cheio de pestilência, fome e doença. É apenas um lugar diferente.Logo, você deve sair e comprar novos guias. Deve aprender uma nova linguagem. E você irá encontrar todo um novo grupo de pessoas que nunca encontrou antes.É apenas um lugar diferente. É mais baixo e menos ensolarado que a Itália. Mas após alguns minutos, você pode respirar fundo e olhar ao redor, começar a notar que a Holanda tem moinhos de vento, tulipas e até Rembrants e Van Goghs.

Mas, todos que você conhece estão ocupados indo e vindo da Itália, estão sempre comentando sobre o tempo maravilhoso que passaram lá. E por toda sua vida você dirá: - Sim, era onde eu deveria estar. Era tudo o que eu havia planejado!.

E a dor que isso causa nunca, nunca irá embora. Porque a perda desse sonho é uma perda extremamente significativa.Porém, se você passar a sua vida toda remoendo o facto de não ter chegado à Itália, nunca estará livre para apreciar as coisas belas e muito especiais sobre a Holanda. "

BEM VINDO À HOLANDA

por Emily Perl Knisley, 1987

sábado, 1 de maio de 2010

A rotina do dia a dia


Por volta das 6 da manhã é quando o João acorda. Mudamos a fraldinha e la vamos para o quarto dele, onde temos um tapete e todo o material necessario e adequado a estimulação dele. Colocamos musica , deitamo nos no tapete, e ai iniciamos o nosso dia. Neste momento ja da atenção as historias que contamos, adora beijinhus, e a paixão dele o peluche Serafim. As musicas a que ele mais reage são do Serafim e companhia do canal Panda, dai lhe termos posto o nome de Serafim ao peluche.
Brincamos, fazemos alguma ginastica e ai para as 9 horas , começa a ficar com sonito e adormece. Mas basta po lo na cama, puff, espreguisadeira e abre logo os olhos.E assim se vai passando o dia , entre brincadeiras, estimulação, mamadas, e sonos de 15 minutos. Ai as 21h toma banhinho, mama e adormece durante grande parte da noite. Ele esta habituado a esta rotina pois era a utilizada no seu internamento, e quando veio para casa manteve.
As terças e quintas saimos para a fisioterapia e terapia ocupacional das 9.30 ás 11.30. Devem se estar a perguntar " mas não saiem para passear durante o dia!? " . . . Não, é verdade. Até o fim de semana passado só saimos para as terapias e consultas. O João chora imenso no ovo. Devido a rigidez dele, o ovo faz com que ele tenha que ficar numa posição que contraria a espasticidade dele, e ai entra em padrões de hiper extensão, o que o irrita e provoca dores musculares. Para sair com ele tenho que ter sempre um motorista, pois tenho que ir com ele atrás a acalma lo. É desesperante, acreditem. Mas parece que está a melhorar e já fizemos 3 viagens com ele para Coimbra, Lisboa e Porto para consultas, em que se portou muito melhor, e já consegui esta semana sair com ele sozinha. Ainda chorou uns periodos ,mas ja esteve bem melhor. Para o acalmar utilizo umas gotinhas "magicas" de nome Aero Om . São doces e basta uma na chupeta e faz milagres.
Ele irrita se com muita facilidade e esta sempre a transpirar. Dai , lhe ter cortado o cabelito , para ver se anda mais fresco. A terapeuta I. diz que ele transpira muito, pois é muito activo, mas têm que exercer muita força para se movimentar, dai esta sempre a transpirar , devido ao esforço que faz. Enquanto que nos esticamos um braço facilmente, sem qualquer esforço, ele tem que exercer força para o fazer, e como é um espevitado, não para um bocadinho.

1 comentário:

  1. Minha Querida!
    Foi com muita Emoção que li o teu blog...acompanhei o nascimento do João no fórum e sempre acreditei nele...é um lutador o teu amado Filho!
    Ainda vais ter muitas surpresas lindas, ele já mostrou a força que tem!

    Grande Vitória a dele!
    Para vós pais, muita Força e Coragem...
    Um Enorme Beijinho minha Querida!

    ResponderEliminar