"Ter um bebê é como planejar uma fabulosa viagem de férias - para a ITÁLIA! Você compra montes de guias e faz planos maravilhosos! O Coliseu. O Davi de Michelângelo.

As gôndolas em Veneza. Você pode até aprender algumas frases em italiano. É tudo muito excitante-Após meses de antecipação, finalmente chega o grande dia! Você arruma suas malas e embarca. Algumas horas depois você aterrissa. O comissário de bordo chega e diz:

- BEM VINDO À HOLANDA!

- Holanda!?! - Diz você. - O que quer dizer com Holanda!?!? Eu escolhi a Itália! Eu devia ter chegado à Itália. Toda a minha vida eu sonhei em conhecer a Itália!

Mas houve uma mudança de plano vôo. Eles aterrissaram na Holanda e é lá que você deve ficar.A coisa mais importante é que eles não te levaram a um lugar horrível, desagradável, cheio de pestilência, fome e doença. É apenas um lugar diferente.Logo, você deve sair e comprar novos guias. Deve aprender uma nova linguagem. E você irá encontrar todo um novo grupo de pessoas que nunca encontrou antes.É apenas um lugar diferente. É mais baixo e menos ensolarado que a Itália. Mas após alguns minutos, você pode respirar fundo e olhar ao redor, começar a notar que a Holanda tem moinhos de vento, tulipas e até Rembrants e Van Goghs.

Mas, todos que você conhece estão ocupados indo e vindo da Itália, estão sempre comentando sobre o tempo maravilhoso que passaram lá. E por toda sua vida você dirá: - Sim, era onde eu deveria estar. Era tudo o que eu havia planejado!.

E a dor que isso causa nunca, nunca irá embora. Porque a perda desse sonho é uma perda extremamente significativa.Porém, se você passar a sua vida toda remoendo o facto de não ter chegado à Itália, nunca estará livre para apreciar as coisas belas e muito especiais sobre a Holanda. "

BEM VINDO À HOLANDA

por Emily Perl Knisley, 1987

quarta-feira, 30 de março de 2011

Light Box


Todos os meses a Educadora G. e outras educadoras da Intrevenção Precoce vão a reunião que o CAIPDV ( Centro de Apoio a Intrevenção Precoce na Dificiência Visual) faz em C.B. , onde são delineadas e expostas novas estrategias para trabalhar e estimular as crianças que acompanham. Na ultima reunião falaram da Light Box. Vários programas para crianças com comprometimento visual, elaboram aparelhos como o que vemos na figura (Light Box), tendo os achado uteis no ensino de competências visuais básicas assim como em competências visuo- motoras e visuo-perceptivas mais complexas. Depois há materias adaptados as varias idades para se trabalhar com as crianças.Também pode ficar a nossa criatividade e imaginação, mas deixo aqui o link do site da APH onde se pode encontrar todo o tipo de material para se trabalhar nesta área.




Os materias para a Light Box encontram-se divididos em três niveis




NIVEL I - do nascimento até aos 4 anos


NIVEL II - dos 3 aos 5 anos ( crianças que já dominam capacidades visuais básicas)


NIVEL III- dos 4 aos 6 anos


MANUAL DE ACTIVIDADES PARA A LIGHT BOX



Na net encontram-se a venda Light Box, mas no manual de actividades ensinam como se pode fazer uma Light Box caseira, e foi o que fizemos. Deitamos mãos a obra e com apenas 5 euros e uma caixa velha, criamos uma. Se for uma ferramenta de actividades em que se verifique mais tarde, que está a trazer beneficios ao João e que ele gosta de trabalhar, ai vamos ponderar comprar uma.
Neste momento estamos na fase de arranjar material para utilizar na nossa.




2 comentários:

  1. Olá Vânia :)

    É com enorme satisfação que constatámos o facto de terem construído a Light Box. Pela foto parece-nos uma excelente adaptação. Parabéns!

    Aproveitamos para vos informar que, recentemente, encontrámos outros materiais na linha da light box, e que são bastante mais baratos. Deixamos o link para consulta:
    http://www.handson.co.uk/s/light-box-resources-set/19031/Product.aspx

    Até breve!

    Beijinhos

    O CAIPDV
    Inês Marques e Dina Madeira

    ResponderEliminar
  2. Olá amiga, ainda não fui espreitar o site, mas fiquei curiosa. Como é que a light box pode ajudar e como?
    É através de desenhos...

    Beijinhos

    ResponderEliminar