"Ter um bebê é como planejar uma fabulosa viagem de férias - para a ITÁLIA! Você compra montes de guias e faz planos maravilhosos! O Coliseu. O Davi de Michelângelo.

As gôndolas em Veneza. Você pode até aprender algumas frases em italiano. É tudo muito excitante-Após meses de antecipação, finalmente chega o grande dia! Você arruma suas malas e embarca. Algumas horas depois você aterrissa. O comissário de bordo chega e diz:

- BEM VINDO À HOLANDA!

- Holanda!?! - Diz você. - O que quer dizer com Holanda!?!? Eu escolhi a Itália! Eu devia ter chegado à Itália. Toda a minha vida eu sonhei em conhecer a Itália!

Mas houve uma mudança de plano vôo. Eles aterrissaram na Holanda e é lá que você deve ficar.A coisa mais importante é que eles não te levaram a um lugar horrível, desagradável, cheio de pestilência, fome e doença. É apenas um lugar diferente.Logo, você deve sair e comprar novos guias. Deve aprender uma nova linguagem. E você irá encontrar todo um novo grupo de pessoas que nunca encontrou antes.É apenas um lugar diferente. É mais baixo e menos ensolarado que a Itália. Mas após alguns minutos, você pode respirar fundo e olhar ao redor, começar a notar que a Holanda tem moinhos de vento, tulipas e até Rembrants e Van Goghs.

Mas, todos que você conhece estão ocupados indo e vindo da Itália, estão sempre comentando sobre o tempo maravilhoso que passaram lá. E por toda sua vida você dirá: - Sim, era onde eu deveria estar. Era tudo o que eu havia planejado!.

E a dor que isso causa nunca, nunca irá embora. Porque a perda desse sonho é uma perda extremamente significativa.Porém, se você passar a sua vida toda remoendo o facto de não ter chegado à Itália, nunca estará livre para apreciar as coisas belas e muito especiais sobre a Holanda. "

BEM VINDO À HOLANDA

por Emily Perl Knisley, 1987

domingo, 6 de março de 2011

Olhem eu em pé!!

Já temos um standing emprestado pelo Hospital CHCB, bastante simples mas que contra todas as expectativas, o João fica la muito bem. Direitinho com bom control de cabeça. Mesmo sendo bastante rudimentar, adaptamos algumas coisas e ficou muito bem. Como não tem tabuleiro, pomos uma cadeira ou o brinquedo que está na foto a fazer de mesa para ele brincar, e para não correr mos o risco de ele se magoar nos ferros, colocamos a volta dele uns bocados de esponja de uma "esparguete" de piscina. Foi uma ideia dada pela terapeuta A.M.


8 comentários:

  1. que bom que já tem um standing :)
    e que bem que ele fica em pé.
    beijinhos e bom Carnaval e continuação de sucessos com o João - lindo!!!!!!!

    ResponderEliminar
  2. Lindoooo!!!! Parabéns João! Vc realmente é um campeão garoto...
    Continue assim..
    Bjão...

    ResponderEliminar
  3. Olá!
    Acabei de conhecer seu blog!
    Seu bb é lindo!
    A descrição do seu blog é tudo!
    bjus

    ResponderEliminar
  4. Olá, olá

    Devagarinho, com muita dificuldade para obter os produtos de apoio necessários, lá vamos inventando e conseguindo!

    Espero que não leves a mal o meu comentário, porque é feito com vontade (toda a vontade do mundo) de ajudar.

    Quando puseres o João em pé no standing tenta que os pezinhos dele fiquem direitinhos, na foto estão ligeiramente para fora. Para teres a certeza que está a fazer carga correctamente os pés não se podem conseguir mover-se.

    Beijinhos, estamos aqui sempre disponiveis para ajudar

    ResponderEliminar
  5. pois eu sei Dina, mas neste os pés sai em logo do sitio correcto, pois não tem nada para os fixar. Então ele quando ali está eu estou sempre ao pé dele corrigi los. Eu já tinha reparado na foto que ele não estava bem posicionado, mas pensei que ninguem reparava. Mas claro que quem esteja dentro do assunto vê lo :D..... beijinhus e obrigado

    ResponderEliminar
  6. Olá, olá

    Tenta com fitas de velcro, pode ser que consigas posicioná-los como deve de ser.

    Estamos à espera da vossa visita.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. De qualquer maneira, pés à parte ele fica com uma postura de tronco e cabeça FANTÁSTICAS!!!

    ResponderEliminar