"Ter um bebê é como planejar uma fabulosa viagem de férias - para a ITÁLIA! Você compra montes de guias e faz planos maravilhosos! O Coliseu. O Davi de Michelângelo.

As gôndolas em Veneza. Você pode até aprender algumas frases em italiano. É tudo muito excitante-Após meses de antecipação, finalmente chega o grande dia! Você arruma suas malas e embarca. Algumas horas depois você aterrissa. O comissário de bordo chega e diz:

- BEM VINDO À HOLANDA!

- Holanda!?! - Diz você. - O que quer dizer com Holanda!?!? Eu escolhi a Itália! Eu devia ter chegado à Itália. Toda a minha vida eu sonhei em conhecer a Itália!

Mas houve uma mudança de plano vôo. Eles aterrissaram na Holanda e é lá que você deve ficar.A coisa mais importante é que eles não te levaram a um lugar horrível, desagradável, cheio de pestilência, fome e doença. É apenas um lugar diferente.Logo, você deve sair e comprar novos guias. Deve aprender uma nova linguagem. E você irá encontrar todo um novo grupo de pessoas que nunca encontrou antes.É apenas um lugar diferente. É mais baixo e menos ensolarado que a Itália. Mas após alguns minutos, você pode respirar fundo e olhar ao redor, começar a notar que a Holanda tem moinhos de vento, tulipas e até Rembrants e Van Goghs.

Mas, todos que você conhece estão ocupados indo e vindo da Itália, estão sempre comentando sobre o tempo maravilhoso que passaram lá. E por toda sua vida você dirá: - Sim, era onde eu deveria estar. Era tudo o que eu havia planejado!.

E a dor que isso causa nunca, nunca irá embora. Porque a perda desse sonho é uma perda extremamente significativa.Porém, se você passar a sua vida toda remoendo o facto de não ter chegado à Itália, nunca estará livre para apreciar as coisas belas e muito especiais sobre a Holanda. "

BEM VINDO À HOLANDA

por Emily Perl Knisley, 1987

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Consulta Neuropediatria

No passado dia 3 fomos a consulta de Neuropediatria com o Dr. Luis B. para vermos se ele conseguia aconselhar nos sobre o comportamento do João. Logo que chegamos a Appc o João fez logo das birras dele , esticava-se todo, esperniava, baba, ranho e gritavaaaaaaaaaa. Ficamos um bocadinho no carro para vermos se acalmava, e com musica assim aconteceu. Depois houve um problema com a hora da consulta e foi remarcada para de tarde, então aproveita mos e fomos ao Hospital Pediatrico fazer o Rx da anca que já estava pedido desde Maio. Tivemos que sedar o João com um diazepam rectal , que surtiu logo efeito, tendo ele ficado disperto mas muito molinho. Conseguimos fazer o Rx  mesmo com ele a chorar e voltamos para a Apcc para a consulta.  Devido a viagem, ao diazepam e ao cansaço o João não chorou quase nada na consulta, eu estava sem acreditar naquele fenomeno. Portou-se tão bem que teve direito até a uma medalha.
 Tentamos explicar ao medico que aquele comportamento era anormal nele, que ele se recusa a ir a qualquer lado onde acha medico, terapeutas, pois grita, grita, faz hiperextensão, morde-se  e consegue estar assim horas, até que o tiramos do local que o esta a incomodar.
Então ele explicou nos o que achava que estava a acontecer com ele, uma fase de negação e que temos que aos poucos faze-lo ver novamente que é bom ir a fisio, que as pessoas não lhe fazem mal, e que para não me preocupar pois com o tempo tudo ia melhorar. Prescreveu então ao João risperidona, que ao contrario do que já se tinha experimentado, este não lhe tira a força muscular, apenas o acalma.  Disse que podia não surtiu efeito mas que não custava nada tentar, e o resultado foi muito positivo. O João já fez duas sessões de fisioterapia sem choro e muito bem disposto. Ainda fez birra quando viu que iamos para o hospital e tive direito ainda a que me puxa-se os cabelos e me ranhoza-se toda com baba e ranho até chegar mos a sala da fisioterapia. Levei mais uma vez o DVD da Xana TOC TOC e com muita brincadeira ele fez tudo do principio ao fim. No Domingo  tivemos a visita do Afonso , dos papás e dos manos, e para surpresa das surpresas o João não chorou, aceitou muito bem a companhia deles e até esteve ao colo do pai do Afonso , que ele tanto adorou pois tinha oculos :)).
Estamos bastante optimistas que talvez esta má fase esteja mesmo a passar e que volte tudo ao normal. Amanha voltamos a Apcc em Coimbra para consulta da Visão e se ele se portar bem ai sim, podemos dizer que o medicamento ( risperidona) está mesmo a resultar. O unico senão da risperidona foi a sonolência que o João teve nos primeiros dias, mas agora já normalizou.


2 comentários:

  1. Vânia,
    Pedi no post sobre a cadeira kimba , que se lhe for possível informa-se em que site a comprou, pois também tenha necessidade de adquirir alguns equipamentos.
    Uma vez mais parabéns pelo seu blog.
    Cláudia

    E-mail: claudiadferreira12@gmail.com

    ResponderEliminar