"Ter um bebê é como planejar uma fabulosa viagem de férias - para a ITÁLIA! Você compra montes de guias e faz planos maravilhosos! O Coliseu. O Davi de Michelângelo.

As gôndolas em Veneza. Você pode até aprender algumas frases em italiano. É tudo muito excitante-Após meses de antecipação, finalmente chega o grande dia! Você arruma suas malas e embarca. Algumas horas depois você aterrissa. O comissário de bordo chega e diz:

- BEM VINDO À HOLANDA!

- Holanda!?! - Diz você. - O que quer dizer com Holanda!?!? Eu escolhi a Itália! Eu devia ter chegado à Itália. Toda a minha vida eu sonhei em conhecer a Itália!

Mas houve uma mudança de plano vôo. Eles aterrissaram na Holanda e é lá que você deve ficar.A coisa mais importante é que eles não te levaram a um lugar horrível, desagradável, cheio de pestilência, fome e doença. É apenas um lugar diferente.Logo, você deve sair e comprar novos guias. Deve aprender uma nova linguagem. E você irá encontrar todo um novo grupo de pessoas que nunca encontrou antes.É apenas um lugar diferente. É mais baixo e menos ensolarado que a Itália. Mas após alguns minutos, você pode respirar fundo e olhar ao redor, começar a notar que a Holanda tem moinhos de vento, tulipas e até Rembrants e Van Goghs.

Mas, todos que você conhece estão ocupados indo e vindo da Itália, estão sempre comentando sobre o tempo maravilhoso que passaram lá. E por toda sua vida você dirá: - Sim, era onde eu deveria estar. Era tudo o que eu havia planejado!.

E a dor que isso causa nunca, nunca irá embora. Porque a perda desse sonho é uma perda extremamente significativa.Porém, se você passar a sua vida toda remoendo o facto de não ter chegado à Itália, nunca estará livre para apreciar as coisas belas e muito especiais sobre a Holanda. "

BEM VINDO À HOLANDA

por Emily Perl Knisley, 1987

sábado, 1 de setembro de 2012

Calázio

Já a alguns dias que o João apresentava um ligeiro rubor com um pequeno nodulo numa das pálpebras, fui a farmacia comprar Clorocil e começei a colocar lhe. Os dois primeiros dias até parecia estar a melhorar mas a situação complicou-se chegando ao ponto de ele não abrir as pálpebras devido ao edema. E foi assim que ele acordou na passada quarta feira, com os olhos todos papudos e o olho direito numa lastima. Tanto na farmacia como no Centro de Saúde disseram me que teria mesmo que ir a urgência, e lá fomos. Como é que se portou o João? Pessimamente.... :(
Não pela situação do olho, mas por ter que entrar dentro de um gabinete medico e ser observado. Quando entrou no gabinete já berrava baba e ranho, e o pediatra perante aquele cenario levantou-se e perguntou logo:
- O QUE TEM O MENINOOOOOOO!!
e mais uma vez respondi ( sim porque na farmacia e Centro de Saúde fez o mesmo):
- Ele é mesmo assim, não lhe ligue é o feitio dele. Detesta entrar neste sitios!!! O problema é mesmo o olhinho deleeeee!!!!!!!!!
e naquele berreiro todo la foi observado como se pode e o diagnostico foi Calázio. Fazer calor humido no olho para tentar que o nodulo drene e fazer medicação local a base de corticoide e antibioterapia.
Saimos e calou-se logo , o paciênciaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa.
No proximo mês temos consulta de pediatria, neurologia e oftalmologia, vai ser um circo pois ele nem deixa que lhe toquem. Só parece que o estão a desmembrar :( !!!!!!!!

1 comentário:

  1. Amiga, minha filha esta com os dois olhinhos com imensas bolinhas, ou seja calazios,, ja usei varias pomadas...compressas e nada adiantou...os olhinhos estao meio q deformados pelas bolinhas...O seu principe melhorou do calazio? Qual foi o metodo? me ajude. Grata.
    meu e-mail:telmitas@gmail.com

    ResponderEliminar