"Ter um bebê é como planejar uma fabulosa viagem de férias - para a ITÁLIA! Você compra montes de guias e faz planos maravilhosos! O Coliseu. O Davi de Michelângelo.

As gôndolas em Veneza. Você pode até aprender algumas frases em italiano. É tudo muito excitante-Após meses de antecipação, finalmente chega o grande dia! Você arruma suas malas e embarca. Algumas horas depois você aterrissa. O comissário de bordo chega e diz:

- BEM VINDO À HOLANDA!

- Holanda!?! - Diz você. - O que quer dizer com Holanda!?!? Eu escolhi a Itália! Eu devia ter chegado à Itália. Toda a minha vida eu sonhei em conhecer a Itália!

Mas houve uma mudança de plano vôo. Eles aterrissaram na Holanda e é lá que você deve ficar.A coisa mais importante é que eles não te levaram a um lugar horrível, desagradável, cheio de pestilência, fome e doença. É apenas um lugar diferente.Logo, você deve sair e comprar novos guias. Deve aprender uma nova linguagem. E você irá encontrar todo um novo grupo de pessoas que nunca encontrou antes.É apenas um lugar diferente. É mais baixo e menos ensolarado que a Itália. Mas após alguns minutos, você pode respirar fundo e olhar ao redor, começar a notar que a Holanda tem moinhos de vento, tulipas e até Rembrants e Van Goghs.

Mas, todos que você conhece estão ocupados indo e vindo da Itália, estão sempre comentando sobre o tempo maravilhoso que passaram lá. E por toda sua vida você dirá: - Sim, era onde eu deveria estar. Era tudo o que eu havia planejado!.

E a dor que isso causa nunca, nunca irá embora. Porque a perda desse sonho é uma perda extremamente significativa.Porém, se você passar a sua vida toda remoendo o facto de não ter chegado à Itália, nunca estará livre para apreciar as coisas belas e muito especiais sobre a Holanda. "

BEM VINDO À HOLANDA

por Emily Perl Knisley, 1987

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Semana de Consultas

O João nestes dias começou a pronunciar outros sons, e o preferido é BRUMMMMM, como se tivesse a andar de mota. Nota-se cada vez mais que já fica frustrado quando não consegue fazer coisas, e na parte da verbalização nota-se muito. Nós dizemos sons para ele repetir, e ele olha para a nossa boca e tenta fazer o mesmo, não consegue e reclama logo. Já nem quer que façamos esse som, e então começa logo ele a pronunciar outros que ele consegue. Descarrega logo o "arsenal" dele, gui, buguiiii, grisss, e até beijinhos manda, para ver se não puxamos por ele com coisas dificeis. Já tem 2 molares e adora mastigar. Já come de tudo, e quer provar sempre tudo o que os outros estão a comer, esticando o bracito a rir-se e a abrir a boca. Dá muita atenção a tudo o que faço, e agora adora "abrir" torneiras, e portas. As torneiras tem o sistema de abrir para cima e para baixo, e ele sozinho não tem força, então ajudamos, e as portas gosta muito de empurra-las para se abrirem, tudo sempre com o braço direito, mas notamos melhoria do esquerdo. A paixão pelos livros e revistas continua, e as vezes deixo o sozinho com um livro na cadeira da girafa e ele tenta passar as paginas, mas o braço esquerdo não o levanta e acumula muitas folhas entre os dois braços, irrita-se e chora :). Eu já tinha videos para colocar dele a folhear revistas e a tentar comer sozinho, mas um biberão de aguá inutilizou me o telemovel e perdi tudo, até os contactos de toda a gente. Fiquei a ZERO :D !!! Por isso amigos, enviem me se faz favor os vossos numeros pois não tenho nada.
Tivemos consulta de Neuropediatria, na qual não trazemos novidades, apenas que está a evoluir e vamos aguardar. O RX da anca está normal, e volta a repetir aos 2 anos. Também tivemos consulta de Pediatria. O João portou-se muito bem, mais uma vez mostrou o seu " arsenal" de gracinhas e têm 9 kgs. Referiram que até está cheinho em relação ao esperado, pois estas crianças costumam ser muito magrinhas.
Já fomos a Junta Médica para avaliação da incapacidade do João, está semana chegará a carta com o resultado, mas já sabemos que nos foi atribuido distico de estacionamento. Já não precisamos de pagar estacionamento sempre que vamos a fisioterapia :D!!!

1 comentário:

  1. Olá mãe do João, eu sou Fabiana moro no Brasil e tenho acompanhando a história do querido João e de toda família é claro. Em primeiro lugar parabéns pela sua força e empenho. Entendo perfeitamente o que você está passando, pois tenho gêmeos de 1 ano chamados Davi e Daniel, que nasceram de 28 semanas e ficaram por muito tempo internados. O Daniel teve hemorragia cerebral e também apresenta quadro de hipertonia está fazendo tratamento na AACD e na GRAU. Me ajuda muito ler os seus comentários e ver a evolução do João. E copio muitas idéias suas para fazer com o Dani.
    Parabéns, torço muito pra que o João consiga ultrapassar todos estes obstáculos e que não nos falte forças para lutar.
    Obrigada,
    Fabiana
    f.spiess@hotmail.com

    ResponderEliminar